8.7.16

DANDO A BUCETINHA PELA PRIMEIRA VEZ

Gabriel me pegou por trás! Friccionava seu pau na entrada da minha bucetinha cada vez mais forte.
Foi então que ele forçou a entrada com a sua rola enorme (nessa altura eu queria pedir para ele parar, mas era gostoso demais para parar, apesar de doer um pouco).
Forçou ate invadir a minha bucetinha virgem!



Senti uma dor incrível que me levou às lágrimas e ao mesmo tempo ao êxtase. Aquele membro parecia nunca mais acabar eu nem sabia mais se chorava de dor ou de prazer.
- Quer que eu tire meu pau da sua buceta?
Nessa altura já nem queria saber de dor nenhuma e pedi para Gabriel continuar... 




Ele meteu novamente na minha buceta e começou a dar estocadas profundas e selvagens, iniciando um movimento de vai e vêm que me levou à loucura, não demorou muito para ele gozar bem forte dentro de mim.
Da minha buceta inchada e vermelha escorria porra misturada com sangue do meu cabaço!

 
Uma dor deliciosa de prazer!

4 comentários:

Lenita Sousa disse...

Podia e devia ter sido mais meiguinho. Perder a virgindade deve ser um momento para recordar com carinho e não para recordar como tendo sido algo "brutal". Digo eu não sei....Quando perdi a minha, tinha 16 anos, e foi um acto meigo, doce, delicioso
.
Deixo caricias

Petit disse...

incentivo ao estupro, na minha arrogante opinião!

Anônimo disse...

A primeira trepada da minha garota foi comigo.com muito carinho fiz ela sentir muito prazer. Sem dores e desconforto ela gozou gostoso. Saudades dela e das nossas locuras.

Jorge Dragão disse...

Tu tem certeza que era cabaço