7.11.15

O TESÃO DA MINHA ESPOSINHA PELA ROLA DO NEGÃO

Aproveitamos o contato que tivemos com Paulo, na entrevista que fez para o Blog, e resolvemos "estreitar" nossa amizade. Helena há algum tempo me provocava dizendo que tinha fantasia de "experimentar outro homem", de preferência um negro. Após semanas de conversa pelo Skype e Whatsapp marcamos um encontro para nos conhecermos "ao vivo e a cores".
Encontramo-nos num café. Paulo extrovertido, bem humorado, inteligente, conduziu muito bem o nosso "papo", sem tocar diretamente no assunto. Percebi que Helena não estava tão à vontade, meio tímida e sem jeito. Falava pouco, mas encarava Paulo com cara de desejo.
Eu acariciava minha esposa por debaixo da mesa, passei a mão na sua bucetinha, percebi que ela estava molhada. Cochichei no seu ouvido, falei baixo, mas queria que Paulo escutasse:
- Amor você está excitada com o "nosso" negão?
Nervosa sussurrou olhando para mim:
- Um pouco, quer dizer, muito!
- Estou sentindo... Você esta molhadinha com muita vontade de "brincar" com o Paulo.


Helena levantou foi ao toalete e nos deixou a vontade para combinarmos nossa "festinha". Comentei com ele que eu tinha sido o primeiro e único homem dela e, após 15 anos de casados, resolvi presenteá-la com outro macho.
- Não acho justo Helena não foder com outro homem. E sei também que tem muito tesão por negros.
- Interessante! Vou ter esse prazer de ser o segundo macho da sua esposa!
- Paulo já conversamos, nos conhecemos, Helena gostou de você, vamos para minha casa.
- Bonita casa Leo.
- Gostou? E o melhor - estamos a sós, nós e mais ninguém.
Helena visivelmente excitada:
- Amor vou tirar essa roupa, tomar um banho e colocar algo mais confortável.
Enquanto ela se trocava aproveitei para conversar com Paulo, reforçando que eu seguiria as regras deles, faria apenas o que quisessem. Seria espectador da farra!
Minutos depois Helena voltou do banho com uma camisola transparente, deixando à mostra os peitos, os bicos grandes e arrepiados, e a calcinha minúscula marcando a bucetinha peludinha.


- Paulo ela não é gostosa? É muita mulher para um homem só, você não acha?
- Amor para! Assim fico envergonhada! Que tal mostrarmos para o Paulo nosso quarto, nossa cama?
- Uau! Belo quarto o de Vocês... Essa cama deve ser bem gostosa rsrs!
- Paulo fique a vontade, se quiser usar o banheiro, tomar uma ducha...
Enquanto Paulo estava no banho colocamos o DVD e a cena preferida dela: Um negão com um pau gigantesco comendo uma loira... Helena assistia o pornô e me chupava. Paulo olhava para a bunda dela e alisava o pau duro por cima da toalha.
Fiz sinal para que se aproximasse e se juntasse a nós:
- Olha só querida seu sonho de consumo, um pau grande e negro todo seu!

 Helena soltou o meu pau, arrancou a toalha do Paulo e começou a chupar aquela rola dura. Ria, se lambuzava, engolia, engasgava...
Me afastei, sentei numa cadeira para apreciar a foda dos dois.
- Aproveite o “presente” que te dei meu amor, quero só ficar olhando, apreciando e me deliciando. Chupa essa rola negra e grossa. Lambe a cabeçona do Paulo.
- Você é o marido perfeito! Obrigada pelo presente! Que tesão essa pauzão só para mim. Era isso que eu sonhava – Uma rola de 23 cm!
- Negão deixa eu te cavalgar, quero sentar no seu pau.
Paulo se deitou, Helena colocou a camisinha no pau dele, montou, encaixou, ajeitou a rola na buceta molhada e começou a cavalgar... Gemia, passava a mão nos cabelos, nos seios, beijava e gritava:
- Vou gozar negão gostoso. Enfia essa tora na minha buceta com força até o fim! Me transforme na tua putinha.
- Goza! Teu maridinho quer ver você gozando na vara do negrão.

Paulo tirou o cacete da bucetinha, arrancou a camisinha e colocou o pau na boca da minha esposinha.
- Agora é a vez de o negão te dar o leitinho. Putinha safada engole minha porra todinha.


Eu assistindo aquela cena não aguentei. Aproveitei a posição de Helena, que estava de quatro, coloquei no cuzinho dela, tão molhadinho, que o meu cacete entrou de uma vez!
Enquanto eu puxava Helena pelos cabelos, com força e socando o cacete no seu cuzinho, ela chupava e babava no pau do negão. Quase gozando fez um pedido:
- Meus amores quero os dois paus ao mesmo tempo: Maridinho na minha buceta e Paulo rasgando e metendo fundo no meu cuzinho.
Apesar de pequena e apertadinha, ela aguentou por uns 10 minutos as duas rolas juntas. Gemia de dor e gozava muito!
 Para terminar nossa farra pediu para o Paulo:
- Negão goza na minha boca lambuza minha cara de porra que meu maridão vai fazer uma foto para guardarmos de lembrança.
Depois desta foda deliciosa nos encontramos e brincamos varias vezes, até o momento em que Paulo foi transferido para outro Estado.
Outro dia Helena mandou uma mensagem para ele: 
Paulo estamos com saudades..."tesão de pica saudade fica!” Ainda de uma rola avantajada e deliciosa como a sua...rsrs, Depois de você me tornei fã de carteirinha de um bom macho negro.

3 comentários:

{Λїtą}_ŞT disse...

Uauuuuu!! Delícia de brincadeira!
Relato delicioso e fotos lindas.
Vc não brinca em serviço, Leo... mata a cobra a mostra "os paus" rsrsrsrs.

Beijos

Améllia Esposa Dedicada disse...

Que delícia!!! Realmente com as fotos fica tão mais interessante....
E como é bom proporcionar esse prazer supremo ao nosso parceiro...
Lá em casa pedido de marido é pedido realizado...
Todas as suas namoradas adoram passar as tardes, as noites, as manhãs com a gente...

Beijos da Améllia - Esposa Dedicada

sexyamellia.blogspot.com.br

The Best disse...

Parabens pelo seu blog... Já se encontra na lista de blog's a visitar em htt://storedesire.blogspot.pt