29.3.13

SEXO ANAL FETICHE DOS MENINOS TABU DAS MENINAS...

Marcy (fumando um baseado): você já imaginou que vai ter que aguentar a “pica” do Bill para o resto da vida?
Karen: Eu sei, e o pau dele é grande!
Marcy: E vai doer principalmente no cuzinho. O Bill já te pediu o cuzinho?
Karen: Não, e nem vai conseguir...
Marcy: Mas nem na noite de núpcias? Não se nega o cuzinho a seu homem... Tem que liberar! Porque, uma vez que ele sabe que pode comê-lo, não vai mais querer. Acredite!
Karen: Vou fazer isso!
Marcy: É uma teoria! E você o que acha disso?
Karen: Bom Marcy, não sei, pode ser que seja verdade, mas o problema é que o pau dele é muito grande!
Marcy: E qual é o problema, existem pílulas para relaxamento muscular, e cremes para isso, além do mais você pode ficar por cima para controlar a intensidade, ou de quatro, da melhor forma que achar. E se encontrar o caminho certo, você nunca mais vai querer dar a buceta.
Karen: Ah, qual é?!
Marcy: Sério, é verdade. Já tive um homem que me comia tão bem o cu que poucas vezes liberei a buceta. A porta de trás pode ser também uma entrada para o paraíso, é só saber quem vai te encaminhar para ele.

Esse diálogo foi extraido de um dos capítulos de Californication, uma serie americana feita para TV. A primeira temporada foi ao ar em 2007 e a quarta temporada de estreia nos EUA em janeiro de 2011.Tem como protagonista Hank (David Duchovny), escritor com apenas um livro de sucesso e em crise de inspiração. Talentoso, instável, irreverente, mulherengo, intempestivo Hank percorre, ao longo dos capítulos, uma sinuosa jornada de noitadas, álcool, vícios e mulheres, mas que almeja, ao mesmo tempo e, sobretudo, restabelecer a antiga relação amorosa com sua ex-mulher Karen (Natascha McElhone) e de sua filha Becca (Madeleine Martin).
Californication não é feita para crianças e adolescentes. É para “gente grande” que gosta de humor, drama, mas principalmente altas doses de sacanagem, sexo e drogas.

MAS E AI MENINAS... DAR O CÚ OU NÃO?

O sexo anal é uma das modalidades mais desejadas pelos homens, mas, para as mulheres, é bem diferente – algumas não aceitam ou simplesmente não gostam.

Uma leitora do SeximaginariuM comentou que "Isso é teoria de amiga que ver a outra amiga se foder...kkkk. Homem depois que prova um cuzinho, jamais vais deixar de querer mais. E mulher que tem a sorte de ter um homem, que come um cuzinho direitinho, ah meu nego.. não deixa de dar nunca mais. Mas.. isso é igual a sexo oral. ou seja, é uma arte saber fazer."
Outra deixou seu recado "Humm cuzinho é tudo de bom na hora certa e com o cara que sabe das coisas"

Curioso pelo assunto, vasculhei a net em busca da opinião feminina sobre a pratica e encontrei um post no site Tramado Por Mulheres - TPM @TPMulheres escrito pela Naya Fouquet @realfouquet


SEXO ANAL VISTO POR ELAS…

Assunto tabu, mas nem tanto. Semana passada fiz uma pesquisa rápida pelo mundo do twitter para entender como as mulheres ainda enxergam o sexo anal!
Muitos homens tem vontade de dominar uma mulher pelas ancas, outros já conseguiram, alguns não se arriscam; mas hoje é foco é feminino.

E aí, querida, o que você acha de sexo anal?
Incríveis como as mulheres que já praticaram ou ainda praticam não tem vergonha em falar publicamente sobre o assunto, algumas preferem deixar o mistério e vieram me contar por mensagens privadas (msn, gtalk, email ou dm).
Depois de muito debate chegamos a algumas conclusões:
Toda mulher tem interesse em saber como é. Seja para agradar a si mesma ou para agradar o companheiro. De uma maneira ou outra ela, pelo menos, já pensou no assunto. Agora a ação que é o complicado.
Todas reclamaram que a primeira dói. Uma parte para por ali mesmo, outras tentam mais uma e desistem de vez, algumas pegam gosto e técnica.

Atenção: 

TODAS disseram que o homem tem que saber o que está fazendo.
As novatas pedem carinho
As experientes pedem para colocar tudo de uma vez e todas pedem para estimular bem.
As que fizeram e continuam dizem ser mais gostoso que sexo comum. E mais, elas que gostam de controlar o movimento.
As que têm interesse em fazer não sabem como chegar para o parceiro e pedir “come meu cu”. Meninos ajudem! Se a mocinha empina a bundinha, ou movimenta o seu pênis em direção ao buraco de trás ENTENDAM o que isso significa.
Mulheres que não curtem, mas fazem, acreditam que sexo anal é um prêmio e o cara precisa se esforçar muito para ganhar.

Uma coisa é fato. Independente de terem feito ou não, mulheres ainda tem vergonha de falar sobre o assunto. Apesar de eu ter recebido várias respostas, não são nada comparadas a outras pesquisas que costumo realizar para posts novos. Incrível como é uma coisa que acontece sempre, que pensam sempre, mas que ainda parece um assunto proibido ou errado.
Até mesmo li algumas meninas comentando que as mulheres estão vendo muito pornô e por isso fazendo/pensando mais sexo anal. Será?
Eu realmente acredito que o pornô ajudou a popularizar sexo anal, mas não vejo como um caminho ruim e sim natural. As pessoas fazem isso, só depende a maneira como você enxerga. Se você acredita ser errado, se acha que é coisa de puta, realmente nunca será bom e muito menos um assunto tranquilo de conversar.
Algumas meninas tem medo de tocar no assunto por achar que não devem fazer e muito menos pensar nisso. Acreditam também que os homens enxergam mulher que não faz sexo anal como mulher para casar. E aí, meninos? É assim mesmo?
O cu está lá, tem terminações nervosas que dão prazer sim e você pode chegar ao orgasmo com isso. Lógico que não quero forçar a barra e gritar por aí “Façam sexo anal”, mas se você tem curiosidade, por que não tentar? E tentar direito. Sexo anal não é enfiar uma coisa na outra como se fosse lego, envolve outras coisas.
O homem tem que entender que não é um buraco de boneca inflável, a região é sensível, mas também não significa passar manteiga e esperar para escorregar.
A mulher precisa estar relaxada e excitada. Se ela estiver tensa e você tentar isso logo que começar a brincadeira, meu amigo, esqueça. Não vai entrar nem ar. Portanto seguem dicas que minhas queridas amigas passaram, junte tudo, bata um bolo e seja feliz!

#DICA PARA OS MENINOS:

O ritmo é diferente do sexo comum, tem que ser devagarzinho, com mais carinho.
Alise a região, passe os dedos, comece a penetração com os dedos para acostumar e relaxar a musculatura.
Colocar o dedo, esperar o músculo contrair, mexer o dedo, contrair, mexer mais um pouco, contrair. O local vai relaxando se você fizer isso.
Travesseiro na barriga ajuda a relaxar a musculatura também, ficar de bruços é a preferência da mulherada. Dá pra ir controlando, subindo e descendo.
Sem brutalidade. Por ser uma região sensível pode sangrar, vão com calma nos movimentos. Se sangrar a gata desiste de continuar fazendo.
Tem um spray chamado Amparys que faz milagre. Go, farmácia, go
Faça sexo normalmente e aproveite para estimular a região, quando mais “mole” ela estiver, mais fácil fica.
Deixe que ela controle a entrada, mas se algumas mulheres preferem que vá de uma vez. Converse antes para ver o que ela prefere.

#DICA PARA AS MENINAS:

Alimentos leves e chuca garantem diversão sem sujeira. Já ouvi papos de laxante, mas não apelem, pode fazer mal para a saúde ficar se entupindo de laxante e ainda é capaz de dar um piriri na hora do vamos ver.

 #Opiniões e #Dicas postadas! E você o que acha da pratica do sexo anal, mais conhecido como “dar o cuzinho”?

5 comentários:

EU disse...

Na verdade o que li em seu post não foi nenhuma surpresa(risos)é fato já confirmado que as mulheres dão o "cuzinho",mas nunca admitem para a amiga,afinal,vai que ela quer saber se o de seu parceiro é BOA para tal ato?(risos)EU ADOROOOOO,SEXO ANAL,até brinco com um amigo(único que conhece meu lado sexual)acho que em outra encarnação era homossexual,de tão bom que acho(risos),basta dar uma lida no meu espaço pra ver quantas histórias(reais) sobre o assunto, bjks !

Mari Gueti disse...

Ola obrigada por sua visita.. Bom, eu adoro sexo anal e quem conhece meu blog sabe bem disso! Claro tem que ser feito em concordância, já tive homens que disseram que não curtiam... O prazer é algo individual (oque me da prazer pode não dar prazer ao parceiro) fisico e psicológico,no meu caso me sinto protegida dominada e satisfazendo meu homem não sinto dor, somente uma aflição deliciosa que me faz delirar e gozar muito gostoso...E quando minhas amigas perguntam eu não minto e digo; Amo sexo anal!kkk BeijOCAs e BeijuCUs!

► JOTA ENE ◄ disse...

Bom, o Jota como UM 'EXPERT' na VERTENTE ANAL dirá que: SEXO ANAL não resolve todos os problemas, mas até hoje não inventaram NADA MELHOR ! ♥

Mega abraço !!

Tara F. disse...

Eu sou mega suspeita pra falar já que vira e mexe eu escrevo um post sobre isso. Os homens mandam e-mail, perguntam, querem saber.

Creio que seja ainda um tabu para as mulheres, mas infelizmente não o único. O sexo e a sexualidade em si é um tabu para as mulheres. Assumir que se masturbam, que se olham, que tem desejos para além do papai-mamãe.

Eu acho que nesse assunto existem duas coisas muito importantes que não podem deixar de ser levadas em consideração: primeiro é que a vontade deve partir dela. Não pode rolar essa de fazer pra agradar o parceiro pois senão ela não vai relaxar e vai doer.
Segundo é o cara ter respeito pela mulher que esta na cama com ele. Entender as limitações do local, que nem sempre o corpo vai cooperar e que por mais vontade que eles estejam, TEM QUE IR COM CALMA.

Eu, particularmente, adoro! Gozo horrores! Mas isso com quem sabe fazer. Com quem vai no desespero eu mando segurar a onda, se não respeitar, mando parar e acabo com a festa!

ahaha

Amei passar aqui. Estava com saudades! Beijoselambiidas, Flux!

dhony disse...

Eu adoro fazer sexo anal minha namorada atual nunka tinha feito então a gente fez no começo ela ñ achou muito legal disse q doeu um pouco apesar de usar lubrificantes e tal mais depois ela fou se soltando e relachando ai foi delicioso foi o anal mais gostoso q eu fiz e agora toda vez q a gente fica ñ tem cm ñ fazer