14.9.12

“A VIDA COMO ELA” É DO CASAL BARBIE E KEN

Afinal,o mundo cor-de-rosa da Barbie é assim tão rosa? Na visão da fotógrafa canadiana Dina Goldstein, o dia-a-dia do famoso casal da Mattel é dominado por dúvidas,ciúmes e vícios. O seu projeto "IN THE DOLLHOUSE" questiona a relação conjugal perfeita criada no imaginário de sucessivas gerações.
A Barbie, a boneca mais famosa do mundo, criada por Ruth Handler e Elliot Handler, tem mais de cinquenta anos, mas continua com a mesma aparência da juventude. Dois anos depois, chegou o namorado Ken. Se sozinha a Barbie já representava a imagem da perfeição, o casal passou a protagonizar um verdadeiro conto de fadas. Tava tudo muito bem, muito bom até que a fotógrafa canadiana Dina Goldstein resolveu desmistificar a história feliz do casal da Mattel.

As imagens de seu mais recente projeto "IN THE DOLLHOUSE" retratam o trágico, monótono e enfadonho dia-a-dia conjugal. Utilizando cenários idênticos aos das casas de bonecas e dois modelos de carne e osso, Dina transforma a Barbie numa personagem dominada por angústias, medos e vícios. Ou seja, aquilo que possivelmente sentiria, se fosse humana.

Sob esta ótica realista, aborda também a sua relação com Ken. Barbie vive um casamento infeliz, questiona-se sobre a sexualidade do marido e tenta esquecer os problemas refugiando-se no álcool. 


Nenhum comentário: