29.3.12

ADAM LEVINE & ANNE VYALISTSYNA

Adam Levine posou nu junto com sua namorada Anne Vyalistsyna, da Victoria’s Secret, para a capa e o recheio da Vogue Russa.

Em um erro de edição, Adam ficou sem metade do seu tronco!!

23.3.12

ALIAA - NUDEZ PELA LIBERDADE NO EGITO


CAIRO - A estudante universitária de 20 anos Aliaa Magda Elmahdy postou fotos de si mesma nua em seu Blog - Arebelsdiary para protestar contra restrições à liberdade de expressão e provocou indignação no Egito, sendo condenada tanto por conservadores como por liberais. Alguns liberais temiam que a atitude poderia prejudicá-los aos olhos dos muito conservadores antes das eleições parlamentares de 28 de novembro em que eles estão concorrendo com partidos fundamentalistas islâmicos. A nudez é extremamente rejeitada pela sociedade egípcia, mesmo como uma forma de arte.



Aliaa escreveu em seu blog que as fotos - que mostram a ativista de pé usando apenas meias - são "gritos contra uma sociedade de violência, racismo, sexismo, assédio sexual e hipocrisia".
O blog já teve 1,5 milhão de acessos desde que ela colocou as fotos no início da semana.


Associated Press.

18.3.12

GAJAS DESCASCADAS NO EROS PORTO' 12


A 5.ª edição do Eros Porto - Salão Erótico do Porto, que aconteceu em fevereiro, aqueceu os dias frios de Portugal. Foram mais de 700 espetáculos em 10 palcos, protagonizados por mais de 80 artistas, incluindo algumas das mais importantes estrelas do pornô internacional, espectáculos de striptease, áreas de bondage, dominação, sadismo e masoquismo.
Um dos destaques da edição de 2012 foram as palestras dadas pela sexóloga Patrícia Cunha, dedicadas a diferentes temas como a “Iniciação ao Sexo Anal” ou “Como Encontrar o Ponto G” e a “Arte do orgasmo simultâneo”.


Algumas atrações inéditas como a “Escola do Sexo”, “alunos” puderam aprender alguns dos ensinamentos do Kamasutra, saber que posições dão mais prazer ao homem ou à mulher e ver, em primeira mão, exemplos práticos dessas mesmas posições. As aulas foram lecionadas por dois professores e exemplificadas por três casais.


Na área BDSM, a dominadora Mistress Minerva, pela primeira vez em Portugal, recriou o ambiente fetiche do seu estúdio onde submeteu seus escravos à tortura do chicote e de outros instrumentos destinados à disciplina.
Entre as atrações da Área Feminina - consultas de sexologia, sessões de tuppersex, massagens eróticas e espetáculos com os strippers portugueses Beatboys.

Os consumidores de filmes eróticos encontraram stands das grandes produtoras internacionais, onde realizadores, atores e atrizes conversaram com o público, tiraram fotografias e daram autógrafos. Entre elas a atriz pornô portuguesa Erika Fontes (foto) porta-voz desta edição.

14.3.12

AS NEOMULHERES




"Sentia-me muito mal usando roupas masculinas. Fui trocando meu armário aos poucos pelas femininas e percebi que me sentia bem com as novas peças, que caiam melhor no meu corpo... Não é fácil fazer essa mudança de um dia para o outro, mas sempre me senti mulher."

Felipa Tavares, 25 anos, batizada de Felipe (foto)




As "neomulheres" - consideradas do sexo masculino ao nascer, batizadas com nome de menino e criadas como tal, desde cedo sentem que pertencem ao gênero feminino. Em 1949, a escritora Simone de Beauvoir disse que ninguém nasce mulher, mas torna-se mulher. E, segundo antropólogos e sociólogos, assim realmente é.

"Para a antropologia e a teoria de gênero, ser mulher ou homem é um aprendizado social, cultural e histórico", explica Heloísa Buarque de Almeida, professora de antropologia da USP. A própria transexualidade é uma radicalização dessa ideia: não basta simplesmente nascer com o corpo do gênero feminino. O que basta é sentir-se mulher."
A maquiadora Thaís Tomazonni, de 20 anos, conta que deesde pequena, sempre teve dificuldades em se adaptar ao comportamento masculino. "Na minha adolescência, não tinha vontade de sair paras festas, por me sentir inadequada”. Thaís se comportava com a delicadeza que não se espera de um garoto. Para ela, ser mulher vai da escolha da roupa ao comportamento.

Em uma sociedade machista o desafio maior de quem se tornou uma "neomulheres" continua sendo o preconceito."Qualquer mulher sofre diversos tipos de discriminação. Imagine, então, quando ela nasceu com outro sexo", diz a professora deantropologia da USP. Já o psicólogo da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar-Sorocaba) Marcos Garcia acredita que para determinadas profissões, o preconceito está diminuindo. Para ele, carreiras tradicionalmente femininas, como manicure, cabeleireira e maquiadora, são mais receptivas, mesmo que ainda haja barreiras.
“Sou maquiadora, trabalho em salão, e acredito que, por estar nesse meio, é bem mais fácil. Tenho uma boa clientela e nunca tive problemas”, conta Thaís. "Não me sinto menos mulher que as outras mulheres. Pelo contrário, acho que meu esforço diário não seria encarado com facilidade pela maioria delas". E mais uma característica une as "neomulheres" a qualquer membro do sexo feminino: o anseio por respeito, dignidade e felicidade.

Fonte:UOL MULHER COMPORTAMENTO

11.3.12

ERIC KROLL



ERIC KROLL nasceu em 23 de outubro de 1946 e começou a fotografar em 1964. Ainda na adolescência conheceu Irving Klaw e já se interessava por fotografias fetichistas. Achava suas modelos na rua, hoje encontra muitas na internet. Atualmente é considerado um dos avôs da fotografia fetichista moderna.
Ele assume mesmo o estigma de fotógrafo que come com os olhos e prefere estar envolvido com as modelos, esse trato de musa inspiradora, o fetiche da teleobjetiva.

"É o jogo do prazer que eu procuro em uma foto. Não me venha nu. Venha com atitude, ajoelhe-se ou fique por cima de mim...".

Fotografa em película até hoje, numa Leica M5 ou Nikons antigas. Suas criações giram em torno do mundo fetichista como já dito, muitas moças de meias cinta-liga e vinil...assumo que gosto de algumas em especial.
KROLL tem um profundo amor pela diversidade de fetiche e tem feito muito para incentivar os recém-chegados a este campo, bem como para inspirá-los com seu trabalho de câmera.

Fonte: http://zengzung.blogspot.com/









ERIC KROLL está entre os melhores fotógrafos eróticos contemporâneos do mundo, reunidos no livro The New Erotic Photography.
Quer ganhar um exemplar?




9.3.12

SEJA FEITA A NOSSA VONTADE!


Imaginar uma mulher fazendo xixi (mulher não mija!) me dava tesão, muito tesão. Era um deleite puramente visual... Até conhecer Carla.
Noite dessas a delicinha interrompe nossas preliminares e dispara:

- Preciso fazer xixi, mas quero que você veja!

Diante do apelo de Carla, não pensei duas vezes, pulei da cama e fomos juntos ao banheiro... A situação me deixou com um puta tesão!

- Estou morrendo de vontade de fazer xixi, tomei muita água antes de vir pra cá, mas não vou fazer no vaso. Leo, meu fetiche é mijar no pau de um homem... E vai ser no seu!

Uau!! Finalmente ia realizar meu sonho... Ver uma bucetinha esguixando o liquido dourado no meu pau. Dentro do box, ducha ligada... Carla faz força pra segurar, se controla e sussurra:

-Me deixa mijar nesse pau duro delicioso!!!

Carla de frente para mim oferecendo total visão de sua deliciosa buceta, esguicha o liquido quente na cabeça do meu pau que escorre pelas minhas pernas.
Bato uma punheta enquanto massageio o grelo dela... Gozamos rapidamente!
Feita nossa vontade, o suspiro de alívio transformou-se numa risada abafada pelo prazer que tivemos!