4.6.11

A MARCHA DAS VADIAS


Em janeiro deste ano, um policial de Toronto, no Canadá, deu uma declaração infeliz: disse que as mulheres tinham que evitar se vestir como prostitutas se não quisessem sofrer abuso sexual. A afirmação deu origem a Slut Walk, a Marcha das Vadias, que já aconteceu em Toronto, Los Angeles e Chicagos (EUA), Buenos Aires (Argentina), Amsterdã (Holanda), entre outras cidades do mundo.
A novidade é que o protesto atravessou a linha do Equador e chegou ao Brasil! São Paulo recebe o evento no sábado dia 3, a partir das 14h. A concentração está marcada na praça do Ciclista, na avenida Paulista com a rua Consolação, na região central da cidade.
No site oficial da Slut Walk, a organização diz que historicamente o termo slut (puta, vagabunda ou vadia, em português) tem conotação negativa e se tornou ferramenta de acusação grave de caráter.
"Somos um movimento exigindo que nossas vozes sejam ouvidas. Estamos aqui para exigir mudanças (...) Queremos sentir que seremos respeitadas e protegidas", diz o site.
Fonte: Revista Nova/Cosmopolitan e Tania Nienkotter Rocha

6 comentários:

LOIRINHA KSADA... disse...

Consideremos justa qualquer forma de atenção ao assunto... Eu ainda acredito que não podemos tapar os olhos e os ouvidos ao preconceito e desrespeito principalmente . Como sempre querido... rs bela escolha de tema... Bjs Bjs Bjs

ST disse...

Fiquei curiosa... será que essa marcha tb se vai realizar aqui em Portugal?.. lol.
Beijos

► JOTA ENE ◄ disse...

ººº
Arranja-me um convite, rs

Sentimental ♥ disse...

isso é fruto de uma sociedade machista em q precisamos ser exemplo, andar na linha, comer de boca fechada, ser pra casar e não usar roupas 'vulgares' pq isso é convite para estupro. blergh!!!
nessas horas eu odeio a sociedade.

Ana Casada disse...

gostei da sua postagem sobre o tema,,é um assunto polemico,,mas sua postagem foi de muito bom gosto,,

bjinho


obrigada pela visitinha..

ana casada

Angelike Diabolike disse...

perdi essa, na proxima me aguarde. rsrs

smacks