25.6.10

O BAR DO SEXIMAGINARIUM

Nesta copa todos os Seximaginarios tem se divertido, assistindo aos jogos do Brasil, no Bar do SeximaginariuM.
Quem sabe se na próxima você não vem torcer e comemorar com a gente!

SEXIMAGENS EM RAIOS-X

A fabricante japonesa de monitores médicos Eizo lançou no mercado um calendário inusitado. Preparado pela agência Butter ele traz modelos em poses sensuais, Com muito osso e nada de carne! Quem pensou naquelas meninas anoréxicas – esqueléticas errou. A cada um dos meses, o calendário estampa uma imagem de raios-X de uma mulher.
A modelo de janeiro, vestida apenas com sapatos de salto alto, aparece sentada com as mãos cruzadas sobre a região púbica. A de abril, também somente de salto alto, está deitada de bruços com o bumbum levemente empinado.
Apesar de ter sido publicado para o mercado de profissionais de saúde, que trabalham com diagnóstico médico e usam monitores do tipo fabricado pela Eizo, o calendário acabou “ganhando” o mundo pelas paginas da internet.



18.6.10

TALKSEXI COM A POMPOARISTA LU RIVA


SEXIMAGINARIUM fez um Talksexi com LU RIVA, professora de Pompoarismo - arte milenar de movimentar os músculos da vagina; e autora do Livro Pompoar: Prazer & Saúde, lançado em abril na Erotika Fair.
A entrevista foi realizada dois dias antes da LU embarcar para Portugal e mostrar para o público do 6. Salão Erótico de Lisboa o conteúdo do seu livro, que traz mais de 70 exercícios práticos de pomporismo com ilustrações, fotos e um diário de treinamento.
Lu Riva tomou contato com essa arte, surgida na Índia há muitos séculos, para tratar suas constantes crises de infecção urinária. “Nenhum médico conseguia localizar a raiz do meu problema. Isso afetava minha vida, já que eu não saía de casa sem meu "kit-doente", e minha vida sexual não existia. Aí passei a pesquisar doenças do trato urinário e entre as soluções estava o pompoarismo”.

Leo: Agora que os leitores do SeximaginariuM já sabem como tudo começou e o que você faz, fale dessa maravilhosa arte que faz as “mocinhas” terem completo controle sobre suas xoxotinhas e, com seus movimentos, enlouquecerem os homens!
Lu Riva: Acredito que o pompoar deve ser mais divulgado, eu percebo que houve uma explosão do que é pompoarismo na década de 1990 o que foi bom e ruim. Bom porque o pompoar foi divulgado e ruim porque muita gente aproveitou e começou a “dar aula" pra 50 até 100 mulheres de uma vez só, vendendo uma palestra como se fosse um curso, o que gerou certo descrédito sobre essa arte.

Leo: Qual o perfil da mulher que procura o pomporismo?
Lu Riva: São sempre mulheres que querem se conhecer melhor, com média de idade de vinte e poucos anos, mas já dei aula para uma aluna de 78 anos.

Leo: 78 anos?
Lu Riva: Sim, 78 anos, ela foi fazer o curso devido à incontinencia urinária. Já dei aula particular para 2 amigas, uma de 60 e outra de 67 anos. Foi o máximo elas ficaram nuas, olhavam a vagina pelo espelho, reconhecendo, se tocando ...foi fantástico.

Leo: Elas buscam técnicas para aprender a “segurar” seu homem de verdade?
Lu Riva: A maioria busca descobrir o que é o prazer. Muitas mulheres têm dificuldade em chegar ao orgasmo. O pompoar também desperta o prazer que está adormecido na mulher, dá mais libido, o homem passa a sentir mais prazer. A mulher consegue fazer vários movimentos com a vagina, e com isso “prende” o homem. Ele só sai de dentro dela se ela deixar!! rsrsr

Leo: Que perigo!
Lu Riva: As mocinhas conseguem fazer "sexo oral" da vagina no pênis, torcer o pênis. Quem tem domínio sobre essa arte pode fazer várias coisas... Só deixar a imaginação correr.

Leo: Algumas mulheres reclamam que perdem a rigidez da musculatura da vagina, isso é verdade?
Lu Riva: Sim, isso ocorre....Na região pélvica a mulher tem o osso pubiano e todo o resto são feiches de músculos que seguram nossa estrutura, com o tempo, ocorrência de gravidez, ou se a mulher levantar muito peso, isso pode ocasionar flacidez na musculatura pélvica.

Leo: E o homem que tem "pau pequeno"...leva vantagem com uma mulher que pratica pomporismo?
Lu Riva: Na verdade para a mulher o tamanho do pênis não influencia muito, o importante não é o tamanho da varinha e sim a mágica que ela faz.

Leo: Será?
Lu Riva: As mulheres não se importam com o tamanho do pênis, inclusive se o pênis for muito grande elas correm! São raras as mulheres que se importam com o tamanho ou grossura.

Leo: As mocinhas reclamam que os meninos não sabem manipular e brincar com a "xoxotinha delas"?
Lu Riva: Sim, elas até falam para que eu desenvolva um cursos para os homens, pois tem homem que não sabe fazer preliminar, brincar, enfim fazer a mulher se excitar.

Leo: Você não tem formação específica na área...nunca teve problemas com médicos, psicólogos, sexólogo?
Lu Riva: Não. Apesar de ser autodidata ganhei o respeito desses profissionais. Um exemplo disso é que meu livro foi prefaciado pelo doutor Celso Marzano que é urologista, sexólogo e professor de medicina.

Leo: E o lançamento do livro Pompoar: Prazer & Saúde em Lisboa...
Lu Riva: Estou muito feliz por ter sido convidada para lançar meu livro no Salão Erotico de Lisboa, é um reconhecimento do meu trabalho.

Leo: O que te broxa no sexo?
Lu Riva: O cara ir com sede demais no pote... o negocio é ir devagar e sempre.

Leo: Uma fantasia
Lu Riva: Sou terrível e muito criativa, junto com meu marido já fizemos muitas coisas, até sexo oral com carro em movimento, é difícil falar de uma fantasia que ainda não tenha feito.

Leo: A melhor transa é...
Lu Riva: aquela que você fica acordada a noite inteira e levanta da cama querendo mais.

Leo: A pior transa foi...
Lu Riva: Quando não rola um clima é melhor nem começar, e quem não sabe brincar não desce pro play...rsrsr

Leo: Sexo tem limites?
Lu Riva: Não, o sexo é algo que não tem limite, tempo ou lugar!

Leo: pesquisa de opinião - O que você acha do SeximaginariuM?
Lu Riva: É um blogue sobre sexo totalmente diferente de qualquer outro que já vi...traz diversas visões sobre o mundo pornô, sexualidade, contos eróticos...

POMPOAR: PRAZER & SAÚDE


POMPOAR: PRAZER & SAÚDE
Autora: Lu Riva
Ano de publicação: 2010
Número de páginas: 73
Idioma: Português

O livro nasceu da necessidade de prover às alunas de conhecimento mesmo depois dos cursos presenciais. “Assim elas conseguem maior estímulo para continuar o treino diário, fundamental para o sucesso da prática do pompoarismo. Mas também é voltado às mulheres que por algum motivo não podem frequentar o curso” explica a autora e professora de pompoarismo, Lu Riva.
O pompoarismo é uma arte milenar, que nasceu na Índia, foi aperfeiçoada no Japão e na Tailândia e, em 1950, foi introduzido na medicina pelo ginecologista Arnold Kegel.
Kegel observou que as mulheres que praticavam essa arte eram dotadas de uma saúde vaginal de “ferro”, então passou a tratar as suas pacientes com incontinência urinária baseado nas técnicas do Pompoar, para o fortalecimento dos músculos do assoalho pélvico.
Idealizado para acompanhar o progresso dia-dia da praticante-leitora, “Pompoar: Prazer & Saúde” é inspirado no próprio aprendizado da autora que é autodidata na arte.
Lu Riva conheceu o pompoarismo como solução para as várias crises de cistites que a acompanhavam no inicio de sua vida adulta. Depois de vários exames, tratamentos diferentes e muitos medicamentos, começou a pesquisar sobre doenças do trato urinário, anatomia feminina, o funcionamento do corpo e em paralelo, treinou com detalhe os movimentos do Pompoar. Uniu esses conhecimentos aos movimentos de dança do ventre, da qual é adepta e professora há 10 anos. E o que começou como uma possível solução complementar aos tratamentos para a cistite alcançou o seu relacionamento amoroso.
O sucesso se espalhou e Lu começou a ensinar as amigas e assim foi aprimorando a técnica. “Foi então que percebi, por exemplo, que quem não tem a respiração completa tem dificuldade em fazer os movimentos dos anéis vaginais. Para essa situação passo alguns exercícios com a respiração para despertar a musculatura pélvica”.
Outro fato constatado por Lu Riva em 6 anos de prática e ensino da arte foi em relação à força e controle dos movimentos. “O Pompoarismo é uma das variadas técnicas que acompanham a prática do Kama Sutra”.
“Estudando as posições percebi que elas influenciam muito o sucesso dos movimentos do Pompoar como o sugar (o pênis é sugado pela vagina), massagear (o pênis é tracionado pela vagina com uma massagem deliciosa), estrangular (a mulher retarda a ejaculação do homem triplicando o prazer sexual), chupitar (a mulher consegue “beijar” a glande do pênis com a vagina) e muitos outros movimentos”.
Atualmente Lu Riva é a única professora de Pompoarismo que consegue acompanhar as alunas, observando-as pelo baixo ventre (parte de baixo do umbigo). “Cada anel vaginal que a mulher move, mexe um ponto diferente do baixo ventre. Partindo da minha prática em dança do ventre, além de ensinar à aluna como identificar os 3 principais anéis vaginais, os exercícios para ganhar força e velocidade e a simulação dos movimentos, ao final do curso, passo os movimentos com músicas, já que o ato sexual é uma grande dança, e isso também está no livro. A prática do pompoar tem que ser divertida e prazerosa, mesmo que a praticante inicie sozinha”.
LU RIVA é pompoarista e dançarina do ventre. Promove cursos em grupo e personalizados. Além de pompoarismo ensina também outras artes sensuais como strip-tease, dança do colo, massagem sensual e técnicas para sexo oral.

15.6.10

PRA FRENTE BRASIL!

De repente é aquela corrente pra frente,
parece que todo o Brasil deu a mão!
Todos ligados na mesma emoção, tudo é um só coração!
Todos juntos vamos pra frente Brasil!
Salve a seleção!

12.6.10

9.6.10

SIEL 2010 - EROTISMO EM LISBOA

Postei dois vídeos que mostravam a grande festa do sexo em Lisboa que foram retirados do "ar". Já postei outros dois e algumas fotinhos "deliciosas" do Salão Erótico!

4.6.10

14. PARADA DO ORGULHO LGBT 2010

A primeira manifestação do orgulho gay no Brasil aconteceu em São Paulo, no dia 28 de junho de 1997, quando aproximadamente 2 mil pessoas, partiram da Avenida Paulista e caminhar em marcha até a Praça Roosevelt, no centro da cidade. Puxadas por uma perua Kombi com uma caixa de som em cima, os manifestantes gritavam palavras de ordem: “Somos muitos e estamos em todas as profissões!”, chamando a atenção da população paulistana para a discriminação e violência sofridas constantemente pela população LGBT.
De acordo com o site oficial da Parada http://www.paradasp.org.br “No ano seguinte, outras 5 mil pessoas somaram-se às que haviam iniciado a manifestação. Desse modo, a cada edição o número quase que dobrava, a Kombi foi substituída por 20 trios elétricos e, uma década depois, em 2007 teve seu ápice de público, registrando a presença de 3,5 milhões de participantes, tornando-se a maior Parada do Orgulho LGBT do mundo.
A Parada do Orgulho LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais) de São Paulo é avaliada por diversos especialistas e pesquisadores como a grande manifestação sócio-político-cultural da história do Brasil.
Em 2010 a 14ª Parada do Orgulho LGBT com o tema “Vote contra a homofobia: defenda a cidadania!”, acontecerá no próximo domingo dia 06 de junho, a partir das 12h, com os trios elétricos saindo da altura da Avenida Brigadeiro Luis Antônio em direção à Rua da Consolação. Ao longo do percurso, o público contará com 900 banheiros públicos, sendo 70 para portadores de necessidades especiais, três postos de atendimento à saúde (no começo da Avenida Paulista, no recuo do Cemitério da Consolação e na rua Maria Antônia) e um telecentro, no recuo da Consolação.

3.6.10

6. SALÃO ERÓTICO DE LISBOA

Começa hoje 04 e vai até domingo dia 06, a 6. edição do SALÃO INTERNACIONAL ERÓTICO DE LISBOA (SIEL), que tem como mote a diversidade sexual - do hetero ao gay do strip ao swing.
Nos diferentes espaços do evento acontecerão diariamente sessões cinematográficas, espetáculos interativos com o público, demonstração e venda de inúmeros artigos eróticos, a possibilidade de candidatar-se a uma vaga de "estrela de um filme pornô", além de outras atrações tais como o jogo Garganta Funda e o concurso Gemido Mais Real. Durante os três dias do Salão os participantes serão desafiados a escrever o Maior Conto Erótico do Mundo no Facebook.
Na área Gay o espetáculo ficará por conta do Bric-a-Bar, uma das mais antigas discotecas gay de Lisboa. Para o público feminino foi preparada a Área Mulher, onde os Beatboys comandam um espaço de humor e ousadia, com atrações como o Anel de Pesca, jogo em que a mulher encaixa a argola no pinto do homem. Os casais também não foram esquecidos! Dois Palcos foram preparados para que os “mais liberais” pratiquem os jogos Kamasutra Express, simulando o maior número de posições sexuais possiveis no menor espaço de tempo. No segundo os casais farão strip-tease e dança erótica.
Uma das atrações principais do Salão será o Mundial de Futebol Erótico, disputado por oito equipes femininas, vestindo apenas lingerie. Os times são formados pelas bailarinas das Exotic Angels, entre elas a principal atriz pornô portuguesa Erica Fontes* as dançarinas do Cat’s Club, as strippers do Deluxe Club, do Passerelle e do Life Strip Club, além das hot atrizes portuguesas Ana Monte-Real, Sylvie Castro e Mónica Doce, que representam a produtora Hot Gold. Os jogos serão disputados ao longo dos três dias do evento e a grande final do Mundial de Futebol Erótico será disputada no domingo, dia 6 de Junho.
O Brasil também participa do Salão Erótico de Lisboa. Lu Riva, professora de pompoarismo e arte sensual, autografa "Pompoar: Prazer & Saúde". O livro lançado em abril deste ano na Erotika Fair já está na segunda edição.
Nesta 6. edição o evento procura ultrapassar a barreira dos 30.000 visitantes e mostrar ao publico adulto português o que há de novo na indústria do sexo internacional. A pouca oferta de revistas e filmes pornográficos e o escasso número de sex-shops em Portugal torna o Salão Erótico "especialmente atrativo e exclusivo para os portugueses", permitindo-lhes dar asas às suas fantasias e conhecer a indústria do sexo.
De acordo com um dos organizadores do Salão "A oferta do sexo em Portugal não se compara à que existe em Espanha, Itália ou nos Estados Unidos, onde há inúmeros sex-shops, milhares de revistas especializadas ou sites, e onde as televisões passam pornô todo o dia”.

1.6.10

A CRIAÇÃO DA XOXOTA



Sete bons homens de fino saber
Criaram a xoxota, como pode se ver:
Chegando na frente, veio um açougueiro
Com faca afiada deu talho certeiro.
Um bom marceneiro, com dedicação
Fez furo no centro com malho e formão.
Em terceiro o alfaiate, capaz e moderno
Forrou com veludo o lado interno.
Um bom caçador, chegando na hora
Forrou com raposa, a parte de fora.
Em quinto chegou, sagaz pescador
Esfregando um peixe, deu-lhe o odor.
Em sexto, o bom padre da igreja daqui
Benzeu-a dizendo: “É só pra xixi!”
Por fim o marujo, zarolho e perneta
Chupou-a, fodeu-a e chamou-a... BOCETA!

Mario Quintana