15.8.09

PAU PEQUENO

Do Blog só dói quando respiro* da Ana Paula
Esse é realmente um assunto muito polêmico.
Mas só para cientistas, sexólogos, psicólogos e outros ólogos afins. Porque segundo me parece, para nós, simples seres sociais masculinos e femininos, o assunto está mais do que resolvido.
Mas é?
É. Simples: para as mulheres pau pequeno é uma droga. E para homens ele não existe.
Como assim?
Assim: esse papo científico que o tamanho do pau não importa, que é possível a mulher sentir prazer com um pinto pequeno é tudo balela que essa gente vai contar na tv e na sessão de ciência dos jornais para não traumatizar os homens. Eles devem acreditar que assim podem melhorar as condições de vida em sociedade. Só pode ser. Olha, eu não conheço uma só mulher, umazina sequer, que ache normal ou agradável ou uma delícia um homem com um pau pequeno - Imagine a cena. Olhos arregalados, cara de satisfação, palpitações: "Nossa amor! Que bigulinho!" - Esse papo deve colar bem com as cachorras, cabritas, passarinhas... cuja função do orgão de seus machos é soltar espermatozóides e só. Para nós, não. Não há nada mais vistoso e excitante do que um falo imponente e obeliscoso. O sexo começa aí. Agora os homens. Coitados. Tudo bem. O que lhes resta fazer senão acreditar nas baboseiras que falam os ólogos nos meios de comunicação? E eles fazem isso. Fingem que acreditam que não há a menor diferença entre um membro vistoso e aquele negocinho que carregam entre as pernas. Então, eles ignoram desse jeito a diferença eficaz e reduzem o fenômeno do pau pequeno a sua não existência. E assim, lá se vão eles pelas ruas, shoppings, noitadas, felizes nos oferecendo essas coisinhas.
*BLOG Só dói quando respiro 22 de junho de 2007
O blog mantido pela ANA “morreu” em novembro de 2007

5 comentários:

EU SOU NEGUINHA disse...

Léo...
Os melhores são aqueles que nos excitam,nos acendem...encaixam direitinho e nos dá prazer,mas agora realmente estes ai,até para entrar fica dificíl né?
Beijos da Nega

conversaatrevida disse...

kkkkkkkkk

O povo maldoso com os rapazes de 'órgão sexual não tão bem desenvolvido'.

Eu já escrevi sobre isso também e entro outras coisas acho o seguinte:

Tem que saber usar mesmo! e tem que saber MOSTRAR também.

Não é só na mesa que a gente come com os olhos.
Se o cara tem o pau muuuuito pequeno, não adianta querer se fazer de gostosão e tirar a calça pra moça admirar. Nada de querer sexo oral primeiro.

Ele vai ter mesmo que trepar por dois. Por ele e pelo 'cara com um pau que ele queria ter'.

Vai ter que ser INCRÍVEL de prelinares, ser um mestre com a boca e dedos e penetrar quando a mulher quase implorar por isso.

Nesta hora, a não ser que o penis dele seja quase que atrofiado, não vai fazer diferença pra mulher que vai gozar do mesmo jeito.

E depois que ela ja SENTIU o quanto ele é Muuuuuuuuuuuuuuuuuuito bom de cama, ela, óbvio, não vai olhar para aquele pênis pequeno e vai dizer NOSSA ESSE SEUS PENIS É UM GIGANTE, mas vai olhar pra ele com olhos de quem sabe que 'o dono daquele pequenino é muuuuuuuuuuuuuuuuito gostoooooooooooSÃO'

aí é só correr pro abraço...e amasso...e SEXO!!!...rs

bjo

Atrê

EU SOU NEGUINHA disse...

Sabe que notei???
Ainda não tem selinho da Nega aqui.Passando para te dar de presente..
Beijos em ti

Valentina disse...

Eu sempre tive medo de pau muito grande... kkk
beijos!

Ana Paula disse...

"Vai ter que ser INCRÍVEL de prelinares, ser um mestre com a boca e dedos e penetrar quando a mulher quase implorar por isso.

Nesta hora, a não ser que o penis dele seja quase que atrofiado, não vai fazer diferença pra mulher que vai gozar do mesmo jeito."

Ahhh, mas faz sim!

Desculpe, mas faz.

Em nenhum momento eu falo que gosto de paus gigantes, mas pua pequeno não dá. E é justamente na hora desse frisson, da loucura pela penetração, que um pau generoso faz a diferença. É horrível quando amulher está louca pra se sentir penetrada e... ops... entrou? Cadê? Esse papo de que mulher goza até com dedo, que é só fazer estimulação clitoriana, tá bom, pode servir, pra algumas, mas não pras que gostam de pau.

Bjs.